Mãe que fica em casa cuidando do filho e ouve que isso não é trabalho!

Oi gente tudo bem por aí?

No segundo vídeo sobre maternidade, falo sobre a mãe que fica em casa e cuida do filho, e ouve muitas vezes que isso não é trabalho. Bom, como mamãe 24 horas posso afirmar que isso é trabalho sim, e que cansa muito mais do que qualquer outro trabalho. São muitas tarefas durante todo o dia, cuidados com o bebê, além de toda a demanda da casa. Confiram o vídeo e depois me digam o que acham. Mais respeito às mães!!

– Como ser mãe na Grécia. Vídeos novos no youtube

Oi gente tudo bem por aí? Tô sumida mesmo e assumo. A maternidade vem ocupando todos os meus dias, é muito gostoso sim cuidar da minha filha, mas também é bastante trabalhoso. Sem tempo! Mas, semana passada decidi voltar a gravar vídeos e dividir um pouco com vocês como é ser mãe fora do seu país, longe da família e dos amigos.

Confere lá!!

Um beijo 🙂

 

 

Syros – a capital das Cíclades

Semana passada fui para Syros, que fica há 6 horas de viagem de ferry boat desde Milos. Ainda não conhecia a ilha e me surpreendi positivamente. Syros ou Syro, e em grego Σῦρος, é considerada a capital das ilhas Cíclades, a qual Milos, e tantas outras fazem parte.

Com cerca de 25 mil habitantes, achei a atmosfera incrível. Logo quando você chega no porto, já se depara com o seu tamanho, se comparada com onde vivo que possui 6 mil habitantes, já se percebe uma bela diferença na questão do tamanho da população. Achei a ilha urbana, porque ela é, mas um urbano que está sempre procurando o mar. É que por onde você anda, por todas as suas ruelas estreitas, o azul do mar está sempre entre elas.

E como gostei de caminhar por essas ruas cheias de flores, subidas e descidas, comércio por todos os lados, e sempre beirando o mar. A ilha possui avenidas largas também, uma vasta opção de bares, restaurantes, lojas e cafés.

14449919_10153769038662026_5913526051471950462_n

Fiquei hospedada na localidade de Hermópolis,  área mais central. Também fazem parte da ilha as localidades de Ano Syros ePosidônia.  Com construções  em estilo neo-clássicos, casarões e casas brancas, a cidade possui ainda numerosas igrejas, como de costume em toda a Grécia, mas lá muita gente além de ortodoxo, a maior religião daqui, também é formada por católicos, como temos no Brasil.

Curiosidades via Wikipédia

Durante os tempos romanos a capital de Syros era situada na área hoje correspondente a Ermoupoli. Ao fim da era antiga as invasões bárbaras e dos piratas, que infestaram o Egeu por muitos séculos, fizeram Syros declinar. Durante o período bizantino Syros era parte do Aegean Dominion, junto às outras ilhas Cíclades. Em 1204 foi conquistada pelos venezianos e francos, tornando-se então domínio de Veneza, como parte do Ducado do Egeu, iniciando o período latino, quando foi fundada Ano Syros e a maioria da população tornou-se católica, embora mantivesse a língua grega. Durante os três séculos e meio que durou o Ducado do Egeu, Siro possuiu um regime feudal singular.

14450001_10153771812437026_9054681037778155900_n

Gastos: 

Hospedagem em média de 30 euros por dia, o casal mais um bebê. Optamos por alugar um quarto com cozinha, banheiro e uma pequena sala. Saiu bem mais em conta, muito mais confortável e íntimo também. A localização era ótima e fazíamos tudo a pé.

Ferry Boat:

Cada passagem custa 13,50 euros, então ida e volta o casal: 54 euros.

Comida:

Varia do que você quer comer sempre né? Se optar por comidas mais rápidas como salada, o tradicional souvlaki vai gastar cerca de 5 a 10 euros por pessoa com bebida. Se optar por tavernas tradicionais que servem pratos da culinária grega como porco, bacalhau, greek salad vai gastar cerca de 40 euros por casal.

Não achei os preços tão diferentes de Milos. O local é cheio de opções, então pode agradar bem.

Ah, uma super hiper dica! Se você for pra Syros não deixe de ir almoçar um dia na praia de Kini. A praia fica há uns 10 minutos de carro do centro e vale super  a pena! Rodeada de restaurantes à beira mar me surpreendi com a variedade de delícias de sea food. Tudo fresquinho, servidos em ótimas porções.

Ah, e o período ideal é visitar até o final de setembro, depois disso as temperaturas começam a baixar, venta muito, e a maioria dos restaurantes próximos do mar estão fechados.

🙂 é isso!!

Valeu o passeio! Até a próxima!

 

 

Dias delix em setembro!

Oficialmente o verão já chegou ao fim, mas os dias lindos e quentes ainda não. Setembro é um ótimo mês, tanto por causa da temperatura que ainda beira os 28 graus, tendo as noites mais frescas, como também pelo movimento do turismo, onde a ilha ainda é visitada, mas os preços caem, não há trânsito e a tranquilidade se faz presente.

Eu amo Milos em setembro, e se você quer visitar a ilha, venha nessa época. Eu mesmo com uma bebê de 4 meses vou para todos os lugares com ela. Praia, restaurante, voltas pelo parque e muito mais.

Milos é um paraíso e é perfeito se você tiver filhos. Ar puro, segurança, lindos lugares, natureza e muitas cores que fazem qualquer filho ficar curioso.

Dos meus últimos passeios, relembro à ida a Forkovouni, uma vila de pescadores, que fica próxima de Plaka onde vivo. Águas calmas, casinhas ao redor e um ótimo lugar para visitar.

Se quer dica de comida boa e lindo visual, que tal ir até Provatas. Ótima estrutura e você pode escolher em qual dos dois lados da praia ficar. Os dois possuem restaurante. Em um o acesso à praia fica bem em frente, e o outro, há uma escada para se chegar até o mar.

14344725_10153740678967026_5963006329978719560_n

14344333_10153749173492026_5037296721391525812_n

Claro que quando visitar Milos precisa subir até Plaka. Vá até a igreja Mármara apreciar o por do sol, e o rolê vale até para a noite. Eu adoro ir até lá respirar ar fresco quando o sol já está dizendo Adeus.

14233103_10153729856647026_6786292552560532266_n

14264115_10153742604012026_8401674150065904561_n

É isso, vamos aproveitar a vida! No próximo post te conto as curiosidades sobre a Vênus de Milo, que foi descoberta aqui nesse paraíso. Até lá!! 🙂

Fique ligado na fan page que sempre tá atualizada com fotos e vídeos dos rolês e muito mais!! E se tiver pensando em visitar a Grécia ou já está com as malas prontas, me escreve!!

 

 

 

 

Apareceu a Margarida!

Olá, Kalispera!!!

Sumi sim e por um super lindo motivo: virei mamãe. Minha filhota nasceu no dia 24/05 e desde então desapareci. Sabe como é né: ser mamys 24 horas por dia é um prazer imensurável, mas também dá trabalho.

Voltamos ao nosso paraíso!! Estamos em Milos para mais um verão que está bombando. Calor, praias, turistas do mundo todo e aquela brisa e atmosfera que só um verão grego pode trazer.

Bem, se você não desistiu de mim, bem vindo novamente!! Estou de volta e vamos voltar a explorar juntos esse país maravilhoso que me acolheu tão bem e que tantas boas coisas nos reserva.