Por que a Grécia?

Logo que comecei o blog, há cerca de um mês deixei um título aqui: “Por que a Grécia?” – pode ter ficado vago por um tempo, mas não se perdeu; hoje eu conto um pouco mais dessa história.

Como jornalista e trabalhando com comunicação, seja internet ou televisão, sempre tive a oportunidade de viajar. Viajar à trabalho ou à lazer, aquelas “trips” mais longas e às viagens aos finais de semana. Cada lugar novo que visito, guardo uma recordação boa. Pelo Brasil já rodei diversas regiões, passando pelos pampas, pelo semi-árido e árido do sertão, às dunas do Jalapão e o calor do norte.

O Brasil é um mix de culturas, de sabores, de cores, e temos belezas únicas de vegetação, flores, plantas e visuais. Tenho as minhas regiões preferidas, como a Bahia, o paraíso da Chapada Diamantina, Moreré, a calma e a tranquilidade das montanhas do interior, o agito de São Paulo e as cores de Maceió. Falar do país onde nasci é falar bem. Falar bem das coisas lindas, de toda a minha vida, da minha família, dos amigos, da oportunidade de trabalhos incríveis e ainda mais por conhecer tantas novas histórias. Me sinto privilegiada.

Trabalhando há cerca de 2 anos mais com internet, com o site de cultura urbana, Mistura Urbana, não tenho uma rotina externa, de chegar no horário marcado e de trabalhar aos finais de semana. Da vida virtual, das muitas horas no computador, seja pesquisando, entrevistando, escrevendo ou atualizando as redes, há liberdade de movimento. Posso viajar aos finais de semana e também no meio da semana, se tiver conectada posso estar em qualquer lugar.

Pratigi - Bahia

Pratigi – Bahia

Moreré - Bahia

Moreré – Bahia

No ano passado, no verão baiano em janeiro, como de costume, passei às minhas férias na Chapada Diamantina. Um paraíso brazuca, cercado de natureza exuberante, cachoeiras, montanhas, rios, trilhas e muitas cores; seja de suas flores, dos seus pássaros, da sua gastronomia. A Bahia é encantadora e sempre me traz coisas boas.

Nessa temporada com os amigos, entre uma festa e outra, dias de sossego total e de sombra e água fresca, você está em contato com pessoas, e não só brasileiros, mas gente do mundo todo. A Bahia é muito internacional, e mais ainda a Chapada Diamantina. Entre festivais de música ou eventos ao ar livre na praça da pequena e linda Lençóis um mix de idiomas, de sons, de cheiros.

Chapada Diamantina - Bahia

Chapada Diamantina – Bahia

Em um dia desses de calor, logo pela manhã eu conheci um grego. Grego esse, cujos olhos eu já conhecia, mas não de um passado distante, de alguns dias atrás, talvez em algum outro local que tivéssemos nos cruzado. Sou boa de fisionomia.

Seus olhos verdes brilhavam e um bate-papo começou…era a primeira vez que eu conhecia um grego.

De tempo bom para chuva de granizo e areia do Sahara

A Grécia tem uma temperatura agradável nessa época do ano, principalmente as ilhas. Estamos no final de maio, tivemos alguns dias com temperatura de 25 graus, anunciado que o verão começa mês que vem.

O vento e a brisa fresca no final da tarde e início da noite, às 20h com o pôr do sol, aparece todos os dias. É o famoso sopro de “metelmi” – o vento típico das ilhas gregas que sopra no arquipélago das Cíclades.

Nessa semana, na segunda tivemos um dia bem gostoso, com temperatura amena, na terça-feira o dia amanheceu nublado e assim permaneceu, e o que aconteceu? Durante a madrugada uma forte chuva. Trovoadas constantes e cada vez mais fortes, rajadas de vento a muitos quilômetros por hora e chuva de granizo, uma forma de precipitação que vem em forma de pedaços irregulares de gelo.

Estava dormindo quando acordei assustada com o barulho, com a chuva, os trovões e as batidas frenéticas das pedras de gelo na minha porta de vidro, tuc, tec, tuc, tec.. boom.. quebrou, ouvi os cacos… a chuva de granizo durou 10 minutos e fez um estraguinho..

A ilha de Milos é vulcânica e o granizo cai com frequência no Egito, eles estão muito próximos. A corrente de ar fria que causa os ventos, traz chuva forte ou tempestades elétricas.

Na manhã seguinte, Plaka amanheceu nublada e com areia de um amarelo forte vinda do Sahara. Devido às correntes de areia do deserto serem levantadas pelo vento, ela chega até aqui.

Hoje quinta, dia 28 o dia amanheceu um pouco melhor, e ficou ameno até às 18h (A Grécia está há 6 horas na frente do Brasil). E no exato momento que escrevo esse post, começo a ouvir o barulho da janela e rajadas de vento…adivinha…os ventos estão mais fortes e o céu cinza….vai chover de novo…

Brazucas em Milos e um pouco mais da história desse paraíso azul

Esses dias por aqui ando falando português, e ahhhh como isso é bom. Fico feliz – Harumini – em grego. Me lembro que no ano passado, quando fiquei 2 meses na ilha, encontrei somente com um casal do Rio de Janeiro. Mas, a temporada está só começando e entre ontem e hoje muitos brasileiros de Porto Alegre, Brasília e de São Paulo.

É muito bom porque Milos é uma ilha não tão famosa, mas que aos poucos vem sendo descoberta, também pudera, o lugar além de ser pra lá de especial, com gente hospitaleira, boa comida, praias maravilhosas, sossego, é ideal para você que quer curtir uma viagem romântica, para vir com os amigos e com toda a família.

Milos Island (Mηλος em grego) encontra-se a meio caminho entre Atenas e Creta. Milos é “a ilha das cores”, graças à sua origem vulcânica, que oferece praias e águas de beleza e cores únicas. A Ilha de Milos tem vôos diários e balsas freqüentes. O turismo aumenta a cada dia, e esse lugar mágico vai tocar seu coração.

O lugar ideal para tirar férias relaxantes e se divertir. Pessoas do mundo todo a cada dia descobrem Milos, um paraíso que certamente você nunca mais vai esquecer.

A ilha de Milos tem sete vilarejos, vamos chamar de cidades. Adamas, Triovassalos, Pera Triovassalos, Tripiti, Plakes, Plaka, Zefiria e Pollonia. Plaka é a capital da ilha, a maior cidade com 5 mil habitantes. Assim como em toda a Grécia, as igrejas brancas estão por todos os lugares: Visite as igrejas de Agia Triada e Agios Halarambos são incríveis.

Construída na colina na entrada do Golfo, está Plaka o lugar onde moro, e é também bem característico, com estradas estreitas, ruazinhas para se perder, cafés, bares, lojas, e o “Kastro” – de onde se tem uma vista incrível da ilha e um esplendoroso pôr do sol.

Plaka também tem muitos museus, como o “Folk Museum”, Museu Arqueológico, as Catacumbas, um dos primeiros teatros e muita história…

Tem muitos mais..no próximo post a gente continua desbravando Milos. Enquanto isso dá uma olhada nesse site link, que é legal para se ter uma ideia do lugar, de como chegar e muito mais.

Fim de semana abençoado!!!

Hoje é sábado, o dia está lindo e gostoso: 25 graus. Brisa fresca, mar azul turquesa com suas piscinas naturais, o aroma das flores, e o verão que vem chegando para dar a sua luz. Os turistas por sua vez também estão chegando, e a ilha está bombando a cada dia.

Me sinto muito abençoada de morar aqui. Aprender o idioma, enfrentar novos desafios, viver novas culturas e sempre estar aberta de coração para viver esse sonho azul. Viver na natureza é minha terapia, ouvir os pássaros cantando, as crianças sorrindo, é um impulso para cada dia ser melhor, mais positivo.

Em breve meu irmão está chegando e passaremos dias incríveis 🙂

Hoje é sábado, dia de aproveitar o dia! Espero que o seu sábado seja delicioso!

Kimolos – uma ilha pequena e fofa

Essa semana ainda vou fazer uma galeria e contar um pouco mais sobre Kimolos.

Muita gente tá me pedindo pra dar dicas de praias, de ilhas pra se conhecer por aqui, meios de transporte, enfim. Prometo que esse post vai rolar também 🙂

Enquanto isso, deixo um pouco do que rolou no fim de semana. Até encontrar uma praia selvagem, vazia e linda rolou. Aquela praia para você chamar de sua!!

Algo muito interessante da Grécia é que as praias são muito diferentes uma das outras. Tem praia com areia, sem areia, com areia branca, preta, pedras, conchas, enfim, uma variedade de tamanhos e tipos, mas a água azul turquesa está em todas. Ai só difere de azul royal, azul claro, verde, verde claro.. 🙂

Fim de semana em Kimolos :)

O fim de semana foi em Kimolos, uma ilha bem próxima à Milos, cerca de 20 minutos de distância e com uma população de 500 pessoas. Praias ainda selvagens, forte cultura local e um sossego e uma calmaria de agradecer.

Para chegar até Kimolos, você pega o ferryboat de Apollonia, cerca de 10 minutos de Plaka em Milos, paga uma taxa de 3 euros, curte o visual deslumbrante e pronto: já pode desbravar outro paraíso!!

Milos na Grécia – a ilha de Afrodite e das praias azuis turquesas

Hoje eu vou contar pra vocês um pouco de Milos, esse paraíso azul onde vivo agora. Milos tem aproximadamente 5 mil habitantes, mas na alta estação esse número aumenta consideravelmente. Também pudera, a ilha tem praias incríveis, de cor azul turqueza, azul royal e de diferentes paisagens. Milos é bastante famosa, por ter sido encontrada lá uma estátua de Afrodite, a “Vênus de Milo”, a deusa do amor, que se encontra atualmente no Museu do Louvre em Paris, além disso é o lugar dos deuses Asclépio (hoje no Museu Britânico), de Posidão e de um antigo Apolo, hoje em Atenas.

A maior parte da ilha é montanhosa, e tem origem vulcânica, encontrando-se, dentre suas rochas, a obsidiana e o traquito (rocha ígnea constituída por ortoclasita e biotita), e encontram-se fontes de água sulfurosa. Moro em Plaka, bairro que fica no alto de uma colina, com um super visual do mar. Plaka é um vilarejo tipicamente grego, com suas casinhas brancas e igrejinhas, tavernas e restaurantes ao ar livre, tudo muito florido! Um charme!!Uma vida tranquila até mesmo com a presença de turistas de todo o mundo, que visitam as ilhas e querem curtir as exuberantes praias e o por do sol.

Existem muitas ilhas na Grécia, as famosas como Santorini e Mykonos e tantas outras, mas Milos é especial. De fácil acesso, as praias não são lotadas, e você tem uma paz que reina a cada vento que bate, a cada brisa, a cada pássaro, a cada mergulho que te deixa renovado.

No total são 80 praias, listo aqui as mais lindas que visitei:

– Sarakiniko

Esse é um dos grandes destaques da ilha, uma praia que mais parece uma cratera lunar. Uma praia com uma beleza peculiar, e uma das mais fotografadas da Grécia. O visual é totalmente lunático, onde você vê rochas calcárias de um branco profundo, com uma água incrivelmente azul e transparente que dão um contraste incrível, fazendo turistas do mundo todo ficarem boquiabertos com tanta beleza.

10525712_10152190784187026_1280129610778067147_n

10534610_10152190784062026_8662703820858714719_n

A melhor maneira de se conhecer essas praias se você não alugar um carro, é um aluguel de scooter, uma moto ou um triciclo. Além de ser mais rápido, é muito mais divertido.

– Papafragas

Outra praia meio escondida, mas que vale a pena para um mergulho. A praia está entre dois paredões rochosos, formado há anos por uma lava de vulcão. A água, pra variar, é muito azul e transparente.

10334385_10152190739282026_8381910201857580263_n

– Passeio de barco para Kleftiko, onde você vê formações rochosas belíssimas em meio ao mar transparente. Kleftiko significa “esconderijo de ladrões”, porque conta uma lenda que era bem ali que os piratas se escondiam, tendo em vista as inúmeras cavernas na região.

10559964_10152190856557026_1955481258325894708_n

– Tsigrado

Essa é uma das praias mais famosas de Milos, mas para se ter acesso você precisa gostar de aventura e não ter medo de altura, porque o acesso à praia é meio complicado, pois você precisa utilizar uma corda para descer. Digamos que você faz uma espécie de “climbing”, mas depois do esforço, você é muito bem recompensado.

1800458_10152190739872026_9195857328972266812_n

10271637_10152190739987026_1050950694499530001_n

10527731_10152190740037026_2233761351787221857_n

– Firiplaka

Bem próxima de Tsigrado, está Firiplaka, uma longa praia de areia de prata e enormes pedras coloridas formando seu litoral. As águas em Firiplaka são realmente exóticas: cristalina e verde-azul. Você entra, mergulha, se sente numa piscina, e não tem como não se encantar.

Um ponto muito positivo nas águas da Grécia, é que elas não são geladas, como as do Mediterrâneo. No verão, a temperatura média varia de 27 a 30 graus durante o dia, e pela noite, temos uma leve brisa e um ventinho que nos refresca e nos deixa dormir bem.

10430446_10152190858557026_68409268844533756_n

-Psaravolada

A cada praia, uma beleza diferente, um caminho e uma paisagem, mas todas sem exceção com águas claras, transparentes que variam entre o azul e o verde. Essa em especial, a gente começa vendo lá de cima pelo caminho, sua formação, suas falésias e vamos nos surpreendendo com o visual a medida que vamos nos aproximando. Algo que gostei muito dessas praias, é que a 90% delas não tem bares a beira mar ou vendedores, o que faz com que o ambiente fique com uma paz e sem nenhum tipo de poluição sonora ou lixos. As praias são muito limpas.

10525892_10152190783002026_6979395253669556454_n

10530803_10152190755687026_5258798992122203355_n

– Ag.ioannis

Essa praia está localizada no lado ocidental de Milos, a baía de Agios Ioannis é uma praia isolada para desfrutar de total tranquilidade. Não há instalações turísticas nesta praia, que é acessível através de uma estrada de pista ou de barco. A natureza ao redor da baía tem alguma vegetação e falésias. Um mosteiro está localizado em uma colina acima da praia, dedicada a São João.

10556332_10152190855637026_5752974769556965385_n

– Fourkouvouni

Esse lugar é muito especial, uma típica vila de pescadores bem pequena, cheia de barquinhos em uma vida tipicamente grega e tranquila. As casas ficam de frente ao mar, todos saem para pescar polvos e peixes frescos e você vê o tempo passar bem devagar.

10394540_10152190738502026_4970854370558347450_n

foto5

Para chegar à Milos:

É possível chegar até lá de avião (45 minutos de vôo) a partir de Atenas por meio das companhias aéreas Olympic Air e Aegean Air. Também é fácil chegar na ilha de ferry, a apenas 3 horas de distância de Atenas a partir do Porto de Pireus. Para conferir os horários acesse http://www.ferries.gr. Você também pode ir de catamarã, que é um pouco mais caro (cerca de 40 euros por pessoa), porém mais private do que um barco tradicional. Para saber mais, acesse: http://www.sailcatgreece.com

Para conhecer mais sobre esse paraíso na terra e ir se preparando para a próxima viagem, não deixe de fazer o roteiro e acompanhar o blog.

Para mim, uma dos lugares mais incríveis e especiais que já conheci! Inesquecível. Recomendo aos casais apaixonados, aos amigos, e à toda a família.

@fotos de arquivo pessoal